Ciclista atropelado em Sarandi morre no hospital

O ciclista de 51 anos que foi atropelado por uma moto na noite da última sexta-feira (26) na rodovia BR-376, próximo ao Motel Ben-te-vi, em Sarandi, infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu. A informação foi confirmada pelo Hospital Universitário. Segundo a Unidade Hospitalar, Jair Ferreira Sobrinho, deu entrada no HU em estado extremamente grave e não resistiu aos ferimentos. Jair que era coletor de materiais recicláveis tentava atravessar a rodovia, quando foi atropelado por um motociclista que seguia no sentido Marialva/Maringá. O corpo foi sepultado em Sarandi, cidade onde morava. O acidente mobilizou três equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e equipes do Corpo de Bombeiros. As causas do acidente serão apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente Equipes de resgate foram acionadas na noite desta sexta-feira (26), para atenderem um acidente grave registrado na rodovia BR-376, no município de Sarandi. No local foi constatado que um motociclista de 24 anos, havia atropelado um ciclista de 51 anos de idade. Fabrício Gioppo seguia pela rodovia sentido a Maringá, quando repentinamente o ciclista Jair Ferreira Sobrinho, atravessou a pista de rolamento.

A batida entre moto e bicicleta, foi inevitável. Motoqueiro e ciclista foram socorridos apresentando ferimentos graves. O caso mais preocupante era do homem que ocupava a bicicleta. Ele sofreu múltiplas fraturas e precisou ser intubado no local. Agentes da PRF confeccionaram o boletim de ocorrência.

corujaonoticias.com.br 

Categoria:Diario De Mandaguari