Proprietário da Havan sai em defesa de Bolsonaro e anuncia boicote à Rede Globo

O empresário Luciano Hang, também resolveu entrar na briga contra a Rede Globo em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Hang divulgou um comunicado nesta manhã de quinta-feira (7) informando que suspendeu as campanhas publicitária nos intervalos dos Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Jornal da Globo, Malhação e Caldeirão do Huck.

"Não compactuamos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo Nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes. Enquanto esses programas prestarem um desserviço à nação e irem contra os valores da família brasileira, não voltaremos a anunciar. Por ora, manteremos nossas propagandas nas afiliadas e jornais locais, que ainda informam a sociedade de forma mais isenta e conservadora", diz o texto assinado pelo empresário.

Durante a campanha eleitoral presidencial, Hang foi autuado pela Justiça do Trabalho de Santa Catarina por assédio moral aos funcionários. O juiz do Trabalho Carlos Alberto Pereira de Castro, à época afirmou que o empresário manteve uma conduta flagrantemente amedrontadora ao divulgar vídeos e organizar eventos com funcionários em que declara seu voto no candidato do PSL, e sugere que, caso ele não ganhe, o futuro da Havan e de seus empregados estará em risco.

TnOnline 

Categoria:Diario De Mandaguari